É provável que você já tenha ouvido falar a respeito do SLA, um importante documento de negociação entre duas ou mais partes, sobretudo se atua na área de prestação de serviços. 

Mas caso esteja dando os seus primeiros passos nesse incrível universo que é o mercado, então nos acompanhe e fique por dentro dessa ferramenta que promete a você maior segurança jurídica e uma boa relação com os seus clientes ou contratados! 

SLA - ANS - O que é e sua importância
SLA – ANS – O que é e sua importância

Afinal, o que é SLA?

O Service Level Agreement, mais conhecido pela sigla SLA no meio empresarial, significa, em português, Acordo de Nível de Serviço (ANS), e é um documento em que se celebra o acordo entre uma empresa e cliente, só que em termos claros, mensuráveis e vantajosos para as partes envolvidas. 

De acordo com a Ecommerce Brasil, é um acordo em que a empresa e cliente falam a mesma língua, no que tange à prestação de serviços. 

Deixando ainda mais claro o conceito de SLA, pode-se traduzir como uma ferramenta em que o prestador de serviço apresenta os serviços que vai prestar ao cliente, dentro de um prazo definido e obedecendo às regras estabelecidas entre eles. 

A importância do SLA na prestação de serviços

Na prestação de serviços terceirizados, o SLA assume papel central, à medida que formaliza a relação entre empresa e cliente, de modo a impor a ambos regras que devem ser observadas, sob o risco, caso não se cumpram, de serem penalizados, conforme a legislação de contratos vigentes.

Assim, podemos dizer que o SLA é, além de um documento administrativo, uma garantia, uma medida de segurança para os envolvidos. 

Um bom SLA precisa ter quais informações?

A regra geral é que o SLA contenha tudo o que for necessário para garantir que o contratado cumpra com as suas obrigações, assim como também o contratante. Todavia, alguns pontos são essenciais, como: 

Prazo de execução do serviço

É fundamental definir o prazo de execução do serviço, para que assim o contratante saiba quando ele será iniciado e concluído, podendo, em caso de atraso, cobrar ao contratado.

Metas em relação ao desempenho do trabalho

As metas no SLA são fundamentais porque permitem ao contratante acompanhar se o contratado está, como previsto, cumprindo as metas, o que é essencial para a conclusão das tarefas no prazo certo. 

Metodologia de trabalho é algo essencial

Apesar de não se tratar de um projeto de trabalho, é importante que o SLA contenha a metodologia de trabalho do contratado, como, por exemplo, que tipo de técnica ele utilizará, quais materiais, equipamentos entre outras informações dessa natureza. 

Em geral, como dissemos, deve o SLA conter as informações necessárias para que o contratante se sinta seguro e acobertado pelo documento, de modo que assim possa utilizá-lo para esclarecer situações, realizar cobrança ou até mesmo procurar seus direitos pela via judicial. 

E então, o que achou deste conteúdo? Esperamos que tenha gostado! Caso deseja ler outros como este, pedimos que não deixe de acessar nosso blog.

Veja também nosso artigo sobre o que levar em consideração antes de terceirizar um serviço com uma empresa de facilites.

Sérgio Leocadio – Diretor Grupo NVS

Compartilhe:

×