Hospitais e clínicas são ambientes cuja natureza implica no risco de contaminação. A razão para isto é simples: o local pode servir como vetor para a proliferação de inúmeras doenças. É por esta razão que a limpeza hospitalar é uma atividade indispensável e delicada. É preciso reconhecer também a importância de contratar uma empresa especializada que utiliza normas e padrões de higiene e qualidade.

Afinal, existe uma grande necessidade de observar procedimentos específicos para limpeza e desinfecção do ambiente. Este detalhe não só garante o conforto e segurança de pacientes, como também dos profissionais de saúde do local. É também um cuidado indispensável para o cumprimento da legislação. A seguir damos exemplo de alguns procedimentos obrigatórios neste contexto. 

Entenda os cuidados envolvidos na limpeza em ambiente de saúde

Além da atividade de remoção de sujeiras e resíduos, o ambiente deve ser desinfetado adequadamente. É nesta etapa que os agentes patógenos em estado latente serão combatidos. Para garantir que não reste nenhum elemento nocivo, é aplicado formaldeído e hipoclorito de sódio. Compostos fenólicos e de hipoclorito de sódio também são utilizados. 

Neste caso, para desinfecção de superfícies de trabalho. A importância de contratar uma empresa especializada que utiliza normas e padrões de higiene e qualidade se relaciona ainda à necessidade de esterilização. É com auxílio de agentes químicos ou físicos, como vapor saturado sob pressão, que serão eliminados os micro-organismos.

Áreas envolvidas na Limpeza hospitalar e EPIs obrigatórios

Uma equipe especializada além de conhecer os procedimentos descritos no tópico anterior, também sabe que as áreas de limpeza são divididas em diferentes categorias. Dentre estas, existem aquelas classificadas como críticas. Ou seja, os locais onde são realizados procedimentos invasivos e no qual o risco de infecção é iminente.

Também entram nesta categoria os ambientes onde ficam os pacientes que apresentam baixa imunidade. Em todo caso, a limpeza deve ser criteriosa, periódica e realizada adequadamente para afastar quaisquer riscos. Outro cuidado das equipes profissionais é a observância dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs). Fato que não só confere segurança, mas evita contaminação dos envolvidos. 

A importância de contratar uma empresa especializada que utiliza normas e padrões de higiene e qualidade: segurança e adequação de procedimentos

Analisando procedimentos e cuidados envolvidos na limpeza hospitalar, fica claro que a atividade demanda mais do que limpeza e desinfecção. Ademais, o trabalho de higienização não é focado apenas nos ambientes. Também as superfícies e equipamentos utilizados devem ser limpos de modo adequado.

Sobretudo porque eles podem ser os principais vetores de transmissão de agentes infecciosos. Este é, portanto, um trabalho especializado e que deve ser realizado de modo abrangente. Tudo isto para que os profissionais de saúde, pacientes e visitantes não estejam expostos a complicações.

Serviços especializados x cumprimento de normas sanitárias

Fica claro pesando tudo o que já foi exposto que um serviço especializado na higienização de ambientes hospitalares é fundamental. Outros profissionais podem não ter os cuidados que foram listados ao longo deste artigo, o que representa um sério risco. 

As empresas que trabalham especificamente com a saúde, por outro lado, conhecem as recomendações dos manuais de acreditação hospitalar. Além disso, eles estão mais capacitados para seguir os detalhes inscritos no Procedimento Operacional Padrão (POP) do hospital. Cabe salientar, por fim, que estes profissionais recebem treinamento para que respeitem padrões de higiene e separação correta de resíduos.

Conheça os nossos serviços

Neste artigo você conferiu a importância de contratar uma empresa especializada que utiliza normas e padrões de higiene e qualidade. 
Para a contratação de profissionais qualificados para a limpeza hospitalar, confira os nossos serviços.

Sérgio Leocadio – Diretor Grupo NVS

Compartilhe:

×